Vontades



       São em noites como essa que as vontades surgem, vontade de ser algo que não fui, vontade de ser vilão.

       Noites assim que fazem a gente refletir, querer chorar, fraquejar.

       Vontades essas seguras por quatro paredes, mas que querem pular do peito e fazer alguma justiça... Mas muitos vão achar que seria injustiça.


       Falar palavrão, xingar algumas pessoas e dizer umas verdades na cara delas.
       Pessoas, são elas que nos fazem ter essas vontades, ruins ou boas...
       Sabe aquela vontade que dá de dizer um "FODA -SE" virar as costas e sair, sem se importar com ninguém, só com você?!
       São em noites como essa de calor, ventilador no máximo e insônia que da vontade de pular ate a exaustão só pra ver se o sentimento vitimizado que se formou dentro de mim passar... É mais fácil eu infartar do que o sentimento passar.
       São vontades que vem e que vão... Melhor, que se perpetuam.
       Vontade de ter vontade.
       De acusar alguém e de abraçar alguém.
       Vontade de dizer "Feliz aniversario".
       Chorar assistindo um bom filme
       As vezes da vontade até do passado... Essa vontade já passou.
       Bola de gude, futebol na rua, amizades que pareciam serem eternas... Essas também já passaram.
       Vontade de ensinar alguém a empinar pipa... Pipa vou soltar pipa amanha.
       De dizer que sofri, que vivi, que tenho muita raiva guardada e que tá me fazendo mal... Essa não passa.
       Vontade apenas vontade.
       Vou dormir e quando acordar essas vontades terão ido embora... Os sentimentos não, esses ficam... Espero que a vontade de soltar pipa continue... Essa eu quero.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Giletes e Vampiros

Duas flores e um Sorriso