Postagens

Vontades

São em noites como essa que as vontades surgem, vontade de ser algo que não fui, vontade de ser vilão.

       Noites assim que fazem a gente refletir, querer chorar, fraquejar.

       Vontades essas seguras por quatro paredes, mas que querem pular do peito e fazer alguma justiça... Mas muitos vão achar que seria injustiça.


       Falar palavrão, xingar algumas pessoas e dizer umas verdades na cara delas.
       Pessoas, são elas que nos fazem ter essas vontades, ruins ou boas...
       Sabe aquela vontade que dá de dizer um "FODA -SE" virar as costas e sair, sem se importar com ninguém, só com você?!
       São em noites como essa de calor, ventilador no máximo e insônia que da vontade de pular ate a exaustão só pra ver se o sentimento vitimizado que se formou dentro de mim passar... É mais fácil eu infartar do que o sentimento passar.
       São vontades que vem e que vão... Melhor, que se perpetuam.
       Vontade de ter vontade.
       De acusar alguém e de abraçar alguém.

O Cão

Era um menino que tinha vontade de ter um cão, mas seu pai não permitia por causa dos custos do trabalho dos xixis e cocôs que esse faria. Então o menino cresceu e foi morar sozinho e assim pode comprar seu estimado cão. A alegria de ambos era intensa, ele aprenderá a amar seu cão com o passar do tempo, ele já amou seu dono no instante que o viu (pois os cães sabem amar no primeiro instante). Todos os dias ele limpava seus xixis e seus cocôs sem reclamar, pois para o menino o cão era como um amigo, quem sabe até seu único amigo. O cão ficava em casa aguardando ansiosamente a chegada do seu dono, antes mesmo do menino abrir o portão ele já sabia que seu querido dono chegava, quando abria - se a porta ele já estava lá se pondo de pé em suas pernas pedindo colo e como o menino gostava daquilo, ele amava aquele recepção calorosa. Um dia o menino teve a ideia de ter vários cães e assim multiplicariam - se as boas vindas nos fins de tarde, as calorosas lambidas e abanadas de rabo para mostr…

Ao longo da vida

Ao longo da vida aprendi que toda vez que caímos a pessoa que vai te levantar possa ser aquela que você não espera... E quem você espera pode não estar lá para te levantar.
Para viver um grande amor o perdão é essencial no dia a dia... Talvez até mais que a confiança.
Que algumas angustias jamais vão passar, podem ficar escondidas dentro da gente, mas elas voltam... Sempre voltam e quando menos esperamos.
Que a sua opinião não é importante quando se trata da sua vida... Já existem pessoas de mais decidindo o que você deve fazer... Quando se trata da vida de outras pessoas, sua opinião pode ocasionar uma guerra.
Que os pais podem ser bons quando moramos com eles, mas eles são melhores com você quando se vai embora... As incertezas os tornam pessoas melhores.
As muitas pessoas que te cercam durante sua vida são só pessoas, diferentes de você... Não criar expectativas em cima delas é o correto.
Expectativa é apenas uma maneira de você se frustrar... Ou de confirmar o que já sabia.
A pessoa que …

Primeira Chuva

Imagem
São nesses dias de chuvas que as vontades aparecem, vontades essas a muito guardadas ou até mesmo esquecidas pelo simples fato de ter crescido e se tornado um adulto que vive sua vida comum sem ter muitas vontades, a não ser descansar e pagar as contas.     Contam que não podemos tomar a primeira chuva depois de uma longa seca, porque toda a poluição está concentrada nas águas, pois te direi uma coisa, isso é mentira. Fato! Uma mentira inventada pelos adultos, pois a unica poluição que possuem essas águas são as do pensamento de cada ser humano, ai podemos avaliar o risco de chuva química.     A primeira chuva serve apenas para nos desmascarar, mostrar o que realmente somos. Cada gota dessa chuva "perigosa" nos lava a alma, nos purifica mais que água benta por São João. Um processo lento e doloroso, pois quanto mais falsos e sujos mais é a dor. Pois a limpeza de espirito precisa ser lenta e dolorosa para assim não voltarmos a errar, se errarmos não há um segundo banho, poi…

Análise de um vídeo de outro polo

O vídeo que escolhi foi da acadêmica Ângela Maria Inácio, da Turma TEA 10. http://www.youtube.com/watch?v=4YPtRJ-Ha0k). O vídeo tem 1,28 e ela usou uma pedra para sua perfomasse.


Ela utilizou - se bem do objeto cênico que no caso foi a pedra. Usou como fala uma poesia muito conveniente para a performasse. 


A utilização da câmera foi simples, mas é na simplicidade que saem os grandes trabalhos, apenas com zoom e o trabalho do distanciamento, pequeno e grande ela se apropriou da cena e a torno dela.

Um trabalho bacana, faltam algumas coisas que daria para fazer, mas o que ela fez saiu muito legal e muito criativo também
AUSÊNCIA

Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.

Carlos Drummond de Andrade

Crítica Vazia

Imagem
Contos e encantos, essa foi a vida de um jovem escritor onde seu maior prazer era escrever e escrever mais. Como todo escritor ele passava suas crises de "memória vazia", é assim que chamo o período que escritores tem quando não conseguem escrever, mais quando seudomvoltava ele tinha que escrever o maior numero de informações e  imaginações o mais rápido possível, antes que a " memória vazia" voltasse e levasse tudo embora como enchente de São Paulo.
    Esse escritor escrevia sobre tudo, bom, quase tudo, faltava a sua autobiografia. Que com certeza nuca viria a escrever, todo o mundo para escrever, porque diabos ele escreveria sobre ele?! Gostava de escrever por escrever, por gosto, prazer, não sei.     Escrevia coisas muito interessantes e outras que pra ficar no mínimo razoável teria que fazer muito esforço. Mas deixava daquele jeito mesmo, a idéia como foi concebida, com suas pesquisas que as vezes lhe tomavam dias e meses mas que no geral depois da idéia organiz…